Loose change.

Às vezes acontece de chegarmos a um determinado ponto na vida em que, ao olhar ao redor e analisar tudo o que conseguimos, percebemos que tudo não passa de uns trocados. Como moedas de pequenos valor que, mesmo juntas, não chegam a formar um todo que pode ser útil. Nem pra pagar o ônibus de volta pra casa.

Essa é a análise que um dos protagonistas de The Future faz, ao tentar se situar sobre suas próprias conquistas da vida adulta. Na verdade, esse é o espírito geral que permeia os filmes da Miranda July. Seus personagens são desconexos não apenas no modo de falar e agir cotidianamente, mas também quando chega a hora de decidir o que fazer com eles mesmos.

O personagem da fala acima, por exemplo, passa a acreditar que a sua missão de vida envolve ir de porta em porta pedir para que as pessoas comprem árvores que provavelmente sequer irão plantar. Usando um coletinho e uma cara de desistência, essa é a sua forma de se enganar sobre si mesmo e sobre os outros; sem, no entanto, ter que encarar aquilo que realmente deve fazer – sejaláoquefor. Já a sua namorada vive num eterno dilema entre se desafiar e se expor ou apenas se resguardar; o que acaba levando-a a um casulo que não lhe pertence. Talvez tenha sido a escolha mais sábia, tendo em vista as suas coreografias. E, veja só, tudo isso tem como desfecho o simples ato de adotar um gato de rua.

Já em Me and You and Everyone We Know, os personagens são vários e variados – de uma criança a um idoso -, trazendo assim situações de todos os tipos. Mas no fim das contas todos eles estão procurando por si mesmos, cada um à maneira que a faixa etária demanda. E sempre com aquele toque de quem não se encaixa.

Anúncios

2 comentários em “Loose change.

  1. Eu sempre sou muito enrolona pra procurar as coisas que me interessam e foi o mesmo com a Miranda July. Eu sinto, sabe deus porque, que nós vamos nos dar muito bem. A conheci na época em que o filme foi lançado com essa foto que você postou por todo canto da internet, mas sem falar de quem/onde era. Quando finalmente descobri, também soube que ela era escritora e uma muito boa.

    Hoje em dia, tudo dela esta na minha lista, mas nunca cheguei a conhecer nada direito. 😦
    Vai que esse tenha sido um sinal… hahaha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s