I♥PB.

Woody Allen inicia Manhattan com alguns planos gerais dos prédios de Nova York, nos ambientando no seu cenário favorito: sua cidade natal. Tudo aparece em preto e branco e, em off, ele vai desenvolvendo suas tentativas para escrever o início de um tal de “Capítulo Um”.

Na primeira tentativa, ele vai assim:

“Capítulo Um. ‘Ele adorava Nova York. Ele a idolatrava sem proporções.’ Hm, não, melhor assim: ‘Ele-ele… a romantizava sem proporções’. Sim. ‘Para ele, não importa qual fosse a estação do ano, ela era sempre uma cidade que existia em preto e branco e pulsava até os grandes túneis de George Gershwin’.”

E pronto. Isso, repetido diversas vezes por uma mente obcecada (a.k.a. a minha), foi o suficiente para que me fizesse sempre imaginar NY como uma cidade que existiria em PB e apenas em PB. Talvez com uma licença poética para os táxis amarelos.

Sem negar e apenas reafirmando a influência de Manhattan sobre mim, ao visitar Nova York no ano passado, escolhi um filme Tri-X 4oo e fotografei em PB. Queria um pouco da Nova York do Woody Allen na minha memória. E bem, pelo menos na minha memória, eu consegui.

I♥BW
I♥BW
I♥BW
I♥BW
I♥BW
I♥BW

Mais no Flickr.

Anúncios

3 comentários em “I♥PB.

  1. Mariana, essas fotos ficaram incríveis.
    As 2 primeiras parecem ser tiradas exatamente do filme. ❤

    Um dia, quando for a NY, quero fotos lindas assim!

  2. A primeira, e única vez, que fui em NY até agora, ela foi bem colorida e mágica, mas espero que na segunda eu possa vê-la em preto e branco também. Essas fotos ficaram lindas demais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s